Universidade de Vigo
IDIOMA 
PTESGL
Jose Saramago
 

Atividades

Seminário “Cordel Brasileiro – comunicação poética”

Durante os dias 18, 19 e 20 de abril de 2017, a professora Gislene Carvalho da UFMG (Brasil), colaboradora da CJS e do projeto "Poesia Atual e Política", ofereceu o seminário “Cordel Brasileiro – comunicação poética” na Faculdade de Filologia e Tradução da UVigo.

O horário do seminário será de 10-13h00 na aula B12 da FFT.

Para a inscrição, contatem diretamente com mgisacarvalho@gmail.com.

Objetivo do curso: Apresentar aos estudantes de graduação, mestrado e doutoramento dos cursos de Ciências Humanas em geral a poesia de cordel brasileira e seu papel comunicacional.

Ementa: Apresentar o cordel brasileiro como gênero discursivo e midiático; discutir as funções comunicacionais da poesia; refletir sobre características estéticas de folhetos noticiosos; debater sobre o cordel como dispositivo de resistência política; apresentar possibilidades de uso do cordel como mídia alternativa/contra-hegemônica.

Programação

Dia 18: Introdução à poesia de cordel
  O que é a poesia de cordel?
  Gênero discursivo e midiático.
  Como a poesia transita entre essas definições?

Dia 19: Cordel e Comunicação
  Funções comunicacionais da poesia de cordel.
  Cordel como veículo noticioso.

Dia 20: Cordel e política
  Cordel como instrumento de resistência.
  Uso do cordel como forma de mídia alternativa.

Referências bibliográficas

Carvalho, Gislene. “O manifesto de todos nós”: a abordagem do folheto de Abraão Batista às manifestações de junho de 2013.  In: Revista Internacional de Folkcomunicaçao. Ponta Grossa: Volume 12, Número 25, p. 22-42, maio. 2014. Disponível em: http://www.revistas.uepg.br/index.php/folkcom/article/view/1900/1349.

_________________. A poesia de cordel como profanação ao dispositivo midiático. In: Anais: Intercom 2015. Rio de Janeiro Intercom, 2015. Disponível em: http://portalintercom.org.br/anais/nacional2015/resumos/R10-1821-1.pdf.

Publicado, 04/04/2017




Etiquetas

Seminários
Atividades culturais




Artigos relacionados

"O leitor não lê o romance, o leitor lê o romancista"

José Saramago

Facebook Cátedra Jose Saramago Twitter Cátedra Jose Saramago RSS Cátedra Jose Saramago