Universidade de Vigo
IDIOMA 
PTESGL
Jose Saramago
 

Jornadas Saramago

V Conferência Internacional José Saramago da Universidade de Vigo — «Escrevo para compreender»


Organizada pela I Cátedra Internacional José Saramago (CJS) e pelo Museu Nacional da Imprensa (MNI), a V Conferência Internacional José Saramago da Universidade de Vigo – “Escrevo para compreender” foi realizada nos dias 18 (de tarde), 19 e 21 de dezembro sobretudo em linha (devido às limitações impostas pela pandemia atual), mas também ao vivo. A sede foi o Museu Nacional da Imprensa, situado no Porto, junto ao rio Douro.

 

A conferência foi retransmitida em direto pela internet e uma boa parte das comunicações foi feita por videoconferência. As gravações das contribuições estarão disponíveis proximamente no nosso site.


Nesta nova edição do encontro organizado anualmente pela CJS em dezembro, mantém-se o espírito transdisciplinar, aberto e cosmopolita das edições anteriores.


Entre ensaístas consagrados e outros mais ou menos em início de carreira, oriundos de vários países e continentes, houve 35 intervenções sobre a obra e o pensamento de José Saramago que, em 10 páineis ao longo dos três dias da Conferência, exploraram as grandes linhas temáticas tratadas nos anos anteriores (adaptadas ao presente contexto de crise global):


• Literatura e arte como criação, pensamento e ativismo.

• O(s) ser(es) humano(s), a biologia e a(s) cultura(s).

• Natureza e meio ambiente, em especial as alterações climáticas e a atual pandemia.

• Política e economia no passado e na atualidade.

• Ética, igualdade e justiça social, particularmente no contexto da Carta Universal de Deveres e Obrigações dos Seres Humanos.

• Educação e ensino.

 

Partilhamos a seguir as palavras de Pilar del Río na sua intervenção durante a sessão de inauguração desta V Conferência Internacional José Saramago:

 

 

 

O legado intelectual e literário que nos deixou José Saramago envolve domínios tão diferentes, mas complementares, como a literatura, a arte em geral, a filosofia, a política, a economia, a ciência e a religião. Os grandes problemas do nosso tempo são também as grandes questões da (grande) literatura e da (grande) arte contemporâneas, que, de diferentes modos, se propõem (re)desenhar novos ou renovados paradigmas para o ser humano, dentro da (des)ordem da natureza e do ambiente. A universalidade das ideias, das ações e das palavras de Saramago serão tão mais universais quanto mais as fizermos ecoar e atuar no nosso mundo.

 

Por isso, o mote desta V Conferência continua a ser aquele que nos tem vindo a inspirar desde a primeira edição:


“O ser humano não deve contentar-se com o papel do observador.

Tem responsabilidade perante o mundo, tem de atuar, intervir”.

(José Saramago, 1987)

 

O programa completo está disponível no anexo.

 

Notícias sobre a V Conferência Internacional José Saramago:

Axenda do Concello de Pontevedra, 19/12/2020

Diario da Universidade de Vigo (DUVI), 18/12/2020

Portal Galego da Língua, 17/12/2020

Diario Luso-galaico, 16/12/2020

Museu Nacional da Imprensa, 15/12/2020

Pontevedra Viva, 15/12/2020

Plataforma 9, 14/12/2020

Fundação José Saramago, 14/12/2020

Diario da Universidade de Vigo (DUVI), 14/12/2020

Zoom Pontevedra

Galicia Digital

Publicado, 21/12/2020




Documentos anexos



Etiquetas

Atividades culturais
Burghard Baltrusch
Carlos Nogueira
Bibliografia passiva
Conferências
Jornadas José Saramago
Saramago
Universidade de Vigo




Artigos relacionados